10 boas notícias de 2020 para ter esperanças em 2021

10 boas notícias de 2020 para ter esperanças em 2021

Vamos combinar 2020 não existiu, um ano difícil de muitas desventuras. Mas coisas boas acontecem a todo tempo para renovar nossa fé. Confira agora 10 boas notícias de 2020 para ter esperanças em 2021

10. Boom de elefantinhos O Serviço de Vida Selvagem do Quênia divulgou que a população de elefantes do país mais que dobrou desde 1989, passando de 16 mil espécimes para 34 mil em 2020. O número de animais caçados também mudou durante o período: apenas sete (um dia a gente zera) quantia significativamente menor em comparação com 2018 e 2019, quando 80 e 34 foram vítimas de caçadores.

9. Mais felinos Outra população que também vem crescendo é a de linces. Segundo uma notícia publicada no periódico La Vanguardia, o número de animais na Península Ibérica cresceu quase nove vezes entre 2002 e 2019, passando de 94 para 894. Viva a vida!

8. Mundo sustentável Os australianos, inclusive, anunciaram em agosto que pretendem comercializar um aditivo para ração animal feito de algas marinhas que demonstrou reduzir as emissões de metano por bovinos em mais de 80%. Segundo os cientistas do país, se o aditivo alimentar for adotado por apenas 10% dos pecuaristas, as emissões de gases de efeito estufa caíram aproximadamente 120 megatons por ano, o que equivalente a tirar 50 milhões de carros das estradas por um ano. Super notícia.

7. A nova Idade Média Na Grã-Bretanha, a área coberta por árvores cresceu tanto nas últimas décadas que chegou à mesma extensão que tinha durante a Idade Média. São cerca de 3,19 milhões de hectares de área de puro verde, fato que de acordo com a Comissão Florestal britânica, representa 13% da área terrestre da ilha. Viva a natureza!

6. Fonte da vida A água também chegará à Faixa de Gaza, se depender do bilionário israelense Michael Mirilashvili. Em maio, o ricaço anunciou que pretende instalar geradores que produzem água potável a partir do ar para um hospital na região.

5. Vidas japonesa Boas noticias na área da saúde vem do Japão. Embora o número tenha aumentado durante a pandemia, a quantidade geral de suicídios no país está diminuindo. De acordo com a Agência Nacional de Polícia, em 2019, o número de suicídios caiu 3,4%, a nona queda anual consecutiva e a menor taxa desde que os registros começaram, em 1978.

4. Mais uma vacina, por favor Na África, a versão selvagem do vírus causador da poliomielite foi completamente erradicada. O mais animador é que uma nova vacina tem mostrado resultados surpeendentes na prevenção de uma versão mutante do microrganismo causador da polio.

3. Prevenção do tracoma Na Ásia, Mianmar conseguiu erradicar infecções oculares pela bactéria Chlamydia trachomatis. A doença, conhecida como tracoma, é a principal causa de cegueira evitável no mundo e, na nação asiática, foi responsável por 4% de todos os casos de cegueira nos últimos 15 anos. Muita luz!

2. A exemplo de Camboja Outro país asiático que fez avanços na área da saúde foi o Camboja, que progrediu muito na luta contra a malária este ano. Segundo as autoridades locais, durante os primeiros nove meses de 2020, o país registrou 70% menos casos da doença em comparação com o mesmo período do ano passado. Uma vitória grande na luta contra a doença.

1. Direito das meninas Em Bangladesh, o Instituto Internacional de Pesquisa de Política Alimentar (Ifpri) descobriu que a quantidade de casamentos infantis caiu em dois terços nos últimos 20 anos. De acordo com a organização, a previsão é que, no ano que vem, esse número beire a zero. Criança tem que ser criança.